Acompanhe as novidades

Lipoaspiração HD: entenda o que é, como funciona e quais os principais cuidados.

Lipoaspiração HD: entenda o que é, como funciona e quais os principais cuidados.

Na procura pelo corpo perfeito, muitas pessoas buscam tratamentos alternativos em diversos procedimentos cosméticos. Atualmente, existem várias cirurgias estéticas que oferecem soluções cada vez mais inovadoras, especialmente para região abdominal, como é o caso da lipoaspiração HD.
Essa é uma técnica bastante aplicada em clínicas e hospitais e tem por objetivo tornar o abdômen de homens e mulheres mais bem definidos e atléticos. De modo geral, sua principal diferença para os modelos convencionais da lipoaspiração está diretamente relacionada a finalidade e quantidade de tecido gorduroso aspirado.
Isso porque, enquanto a lipo tradicional visa remover maiores volumes de gordura presente em locais indesejados como pernas, braços, costas, glúteos e abdômen, a Lipo HD é direcionada para pacientes que não tem tanta gordura corporal em excesso, porém, não conseguem a definição muscular por meio de exercícios físicos.
Quer entender melhor sobre o procedimento que promete tornar o corpo mais fino e contornos mais bem definidos? Então, continue sua leitura! Neste post vamos explicar as principais particularidades sobre este procedimento.


O que é lipoaspiração HD?
Criada em 2012 na Colômbia pelo cirurgião plástico Alfredo Hoyos, a lipoaspiração HD é uma técnica utilizada para aspirar gordura em determinada região do corpo de maneira mais precisa. Para garantir uma maior definição do contorno dos músculos na pele, esse procedimento leva em consideração o biotipo dos pacientes.
Se tornou popular no Brasil a partir de 2015 em virtude da procura de pacientes que desejam obter um contorno corporal mais expressivo. Contudo, essa técnica destina-se exclusivamente a públicos de porte atlético, ou seja, é útil para oferecer resultados que não podem ser obtidos apenas com exercícios físicos e treinamento.


Como funciona o procedimento?
A lipo HD pode ser realizada a partir do uso de anestesia local, peridural ou geral. O procedimento consiste na realização de pequenas incisões na região operada, por onde será inserida uma cânula especial que fará a aspiração da gordura. Esse equipamento utiliza ondas ultrassônicas para quebrar o tecido adiposo, tornando o procedimento minimamente invasivo.
Com isso, além de garantir um resultado melhor, evita maiores danos aos nervos e vasos sanguíneos. Consequentemente, há menor incidência de efeitos colaterais comuns a esse tipo de intervenção, como hematomas e dor. Outra vantagem é que essa técnica permite um controle melhor sobre a área lipoaspirada, assegurando assim a alta definição dos músculos aparentes na pele.
A aproximação da musculatura do corpo com a pele se dá por meio da eliminação do tecido gorduroso, sendo essa técnica mais acentuada que as demais formas de lipoaspiração. Com isso, a tonificação muscular bem como a aparência do local são características buscadas por meio dessa técnica.


Quais são as indicações?
Por se tratar de um procedimento específico de definição da musculatura, a lipo HD é indicada apenas para pacientes que estão dentro do seu peso ideal ou bem próximos disso. Portanto, não é recomendada para indivíduos acima do peso, que não contam com uma dieta equilibrada e não adotam uma rotina frequente de exercícios físicos.
Nesse sentido, pessoas com sobrepeso ou obesas e sedentárias podem não se beneficiar com a aplicação dessa técnica, especialmente por conta do excesso de gordura na região abdominal, membros superiores e inferiores. Sendo assim, os resultados podem ser comprometidos, afinal, trata-se de um procedimento que utiliza pequenos volumes de gordura.


Quais os cuidados do pós-operatório da Lipo HD?
Por se tratar de um procedimento cirúrgico invasivo, a lipoaspiração de alta definição demanda alguns cuidados importantes. Isso porque essa técnica consiste na sucção de tecidos das células adiposas, resultando em traumas que podem acarretar complicações comuns, como inchaço, edemas, acúmulo de líquido abaixo da pele (seromas), entre outros.
Neste contexto, é fundamental adotar alguns cuidados, de modo a reduzir esse tipo de distúrbio. Além disso, ao tomar as devidas precauções, o paciente pode contribuir para o abreviamento da recuperação e minimizar intercorrências cirúrgicas mais importantes. Dessa forma, garante-se também a manutenção de resultados finais satisfatórios em menos tempo.
Confira, a seguir, as principais recomendações médicas durante o pós-operatório da Lipo HD.


Descanso
De modo geral, o paciente deve permanecer em repouso por pelo menos 14 dias após realização do procedimento. Embora não seja necessária a inatividade absoluta, é importante que sejam evitadas qualquer prática que exija esforço físico excedente.
Além disso, quando o procedimento está associado a outros tipos de cirurgias, como a mamoplastia ou abdominoplastia, por exemplo, recomenda-se um prazo ainda maior para recuperação e cicatrização dos tecidos.


Drenagem linfática
A drenagem linfática é uma técnica de massagem muito recomendada para pacientes que realizam qualquer tipo de cirurgia. Esse procedimento permite que haja um melhor transporte de líquidos por meio das paredes dos vasos sanguíneos.
Dessa forma, além de eliminar adequadamente as toxinas do corpo, reduz-se os edemas, seromas e nódulos que eventualmente se formam durante a cicatrização. Contudo, vale lembrar que este tipo de tratamento depende de cada caso e deve ser avaliado pelo cirurgião plástico responsável.


Cinta modeladora
O uso de cintas modeladoras também é uma prática comum durante o pós-operatório da Lipo HD. Afinal, por meio deste instrumento é possível melhorar a estabilidade na região operada. Consequentemente, se assegura uma circulação sanguínea apropriada — o que pode acelerar a recuperação e contribuir para apresentação de melhores resultados. Um detalhe importante é que seu uso se dá durante os primeiros 30 dias, incluindo durante o sono.


Alimentação
Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, a alimentação não passa necessariamente por cuidados extremamente representativos. Recomenda-se apenas o consumo de alimentos que podem comprometer o processo de cicatrização, como o uso exagerado de açúcares, gorduras, laticínios, frutos do mar e sódio.
Em contrapartida, incluir alimentos in natura, como legumes, verduras e frutas pode ser muito benéfico, afinal, trata-se de substâncias ricas em fibras e demais nutrientes essenciais para um melhor funcionamento do organismo.


Rotina saudável
Assim como em qualquer outro tipo de intervenção cirúrgica, manter bons hábitos durante o pós-operatório pode contribuir para acelerar a recuperação dos pacientes. Sendo assim, é fundamental evitar o uso de substâncias nocivas à saúde, como o consumo de bebidas alcoólicas e tabaco em excesso. Ademais, é importante ressaltar que uma rotina de sono reparador é igualmente importante para sua recuperação.


Atividades físicas
Em via de regra, os pacientes que utilizam a Lipo HD como um recurso para garantir um abdômen melhor definido já adotam uma rotina regular de exercícios físicos. Por isso, retomar essas atividades são cuidados importantes, já que pode prejudicar os resultados do procedimento. No geral, a liberação pelo médico passa por análises da evolução de recuperação bem como a resposta do organismo a cirurgia.
Como você pode ver, adotar as medidas necessárias para potencializar a recuperação durante o pós-operatório da Lipo HD é essencial para garantir bons resultados da cirurgia plástica. Sendo assim, basta seguir todas as recomendações corretamente.
O que achou deste texto? Para fazer uma avaliação, agende sua consulta agora mesmo!

Assine nossa Newsletter

Receba nossas novidades e mantenha-se informado.

Solicite uma ligação
e tire suas dúvidas
Fale com um de nossos atendentes ou, se preferir, nós ligamos para você.