CIRURGIAS PLÁSTICAS REPARADORAS Voltar
Procedimento

Reconstrução da mama

Solicite uma ligação! Assim que recebermos seu contato, ligaremos para você.

Indicação:

A cirurgia de reconstrução da mama tem como principal objetivo melhorar a qualidade de vida de mulheres que retiraram as mamas devido a um câncer. O procedimento é realizado por meio de várias técnicas de cirurgia plástica que tentam restaurar a mama considerando-se a forma, a aparência e o tamanho após a mastectomia.

Tipo de anestesia:

Sedação intravenosa ou anestesia geral, dependendo de cada paciente.

Técnicas cirúrgicas:

O uso de implante mamário para reconstrução quase sempre necessita de uma ou mais técnicas de retalho ou expansão de tecido, pois a mastectomia ou a radiação podem deixar o tecido insuficiente na parede torácica.

As técnicas utilizadas dependem da quantidade de tecido removido e de sua localização. As mais comuns são aquelas que fazem uso dos próprios tecidos da mama e que preenchem os espaços vazios deixados pela retirada do câncer.

Tipos de reconstrução:

Prótese de Silicone

A reconstrução da mama com prótese de silicone é indicada para pacientes que não têm quantidade de tecido suficiente para fazer a reconstrução da mama e não retiraram grande quantidade de pele, permitindo que o envelope cutâneo seja suficiente para receber o implante e proporcionar uma boa forma à mama reconstruída.

Expansores

Esse procedimento permite a reconstrução dos tecidos com semelhança de cor e textura, sem a adição de novas cicatrizes. O expansor de tecido é colocado sob a pele normal e gradualmente é inflado com soro fisiológico, expandindo o tecido até alcançar o tamanho que se deseja reproduzir.

Pode ser feita uma segunda intervenção cirúrgica para retirar o expansor e substituir pelo implante definitivo ou usar próteses que são expansoras definitivas, o que reduz a quantidade de procedimentos cirúrgicos.

Transferência de Retalhos de Pele

A técnica de retalhos musculocutâneos geralmente retira um segmento de pele e tecido gorduroso da região abdominal ou dorsal e leva ao local para ser operado. O tecido dessa região é utilizado para a reconstrução mamária por meio de um túnel abdominal ou de transplante com microcirurgia.

O retalho permanece preso ao seu lugar original através de um tecido chamado pedículo, que leva a vascularização necessária para que este tecido não morra. Os tipos mais comuns de procedimentos com transferência de retalhos de pele são: Retalho Miocutâneo do Músculo Reto Abdominal, Retalho do Músculo Grande Dorsal e Retalho DIEP.

Pós-operatório:

Pode ocorrer dor após o procedimento, porém ela costuma ceder com analgésicos comuns.

O tempo de recuperação na cirurgia com prótese é de cerca de 15 dias. Já na cirurgia com TRAM e na reconstrução com o grande dorsal a recuperação é mais longa, sendo necessárias de três a quatro semanas.

Possíveis complicações

As possíveis complicações no procedimento de reconstrução de mama são:
• Ocorrência de hemorragia e infecção;
• Má cicatrização de incisões;
• Perda parcial ou total dos retalhos ou enxertos realizados;
• Ruptura do implante;
• Perda da sensibilidade no local doador dos retalhos.
O resultado final da reconstrução da mama, como em todas as cirurgias estéticas, vai depender da reação do organismo da(o) paciente e do zelo com as indicações do pré e pós-operatório.

Recomendações pré-operatórias


Os hábitos de vida e cuidados do paciente antes da operação são fatores decisivos para todo resultado cirúrgico. Confira as recomendações mais importantes:
• Faça jejum de no mínimo 8 horas antes da cirurgia, incluindo água, evitando bebidas e refeições em exagero nos dias que precederem o procedimento;
• O tabagismo deve ser suspenso 30 dias antes da cirurgia;
• Comunique alterações de estado de saúde e uso de medicamentos na véspera da cirurgia;
• Não use esmalte de cor escura no dia da cirurgia e evite usar joias, bijuterias e relógios;
• Compareça à cirurgia com um acompanhante.

Resultado definitivo:

Entre os resultados finais da reconstrução da mama pode-se citar que certa sensibilidade na mama pode voltar e as cicatrizes tendem a melhorar, embora não desapareçam completamente.

Agende agora mesmo um horário com o Dr. Petrônio Fleury
Cuide de seu corpo e viva a Vida de forma Diferente! Remodele suas curvas naturalmente e fique ainda mais linda.

Compartilhe:


Dúvidas

Dúvidas frequentes

1. A gluteoplastia de aumento deixa cicatrizes?Toda cirurgia deixa cicatrizes, algumas em locais mais visíveis, outras em locais mais camuflados.  Felizmente, a cirurgia de... Leia Mais

1. A abdominoplastia deixa cicatriz muito visível?A cicatriz resultante de uma abdominoplastia (ou dermolipectomia abdominal) localiza-se horizontalmente logo acima da... Leia Mais

1. Onde se localizam as cicatrizes da blefaroplastia? São visíveis?As pálpebras são a região do corpo em que a pele apresenta a menor espessura. Isso auxilia... Leia Mais

1. Como são as cicatrizes da mamoplastia redutora?Existem inúmeras técnicas descritas para a mamoplastia redutora e o lifting de mamas, cada uma com suas vantagens, desvantagens... Leia Mais

1. O que é lipoaspiração? Qual a diferença entre lipoaspiração convencional e lipoescultura?A lipoaspiração é uma cirurgia cujo... Leia Mais

1. A rinoplastia deixa cicatrizes?A rinoplastia produz cicatrizes praticamente imperceptíveis. Certos narizes permitem que as cicatrizes fiquem escondidas dentro da cavidade nasal, deixando... Leia Mais

1. A mamoplastia de aumento deixa cicatrizes?Toda cirurgia deixa cicatrizes em nosso corpo, porém algumas são menores e mais escondidas. Este é o caso da cirurgia de... Leia Mais

Assine nossa Newsletter

Receba nossas novidades e mantenha-se informado.

Solicite uma ligação
e tire suas dúvidas
Fale com um de nossos atendentes ou, se preferir, nós ligamos para você.